Prefeitura Municipal de Valença do Piauí

Ament de Valença apresenta projeto para atendimento dos profissionais da segurança pública

Compartilhar


Data: 29/08/2022

A Prefeitura de Valença do Piauí através da Secretaria de Saúde e da Equipe do Ament, realizou nesta segunda-feira, 29 de agosto, o projeto para prevenção da saúde mental dos policiais militares do município.

A coordenadora do Ament e Assistente Social, Leidiane Lopes, falou da implantação do Programa Ament pela gestão municipal. "O Ament é um programa novo, ele foi ofertado pelo Ministério da Saúde e fez com que os municípios que tivessem o interesse se adequassem ao programa, e o nosso prefeito Marcelo Costa como sempre aptos as necessidades da sociedade, ele aderiu ao programa", disse.

Com a instalação do programa, os profissionais viram a necessidade de desenvolver uma ação voltado para os profissionais da segurança pública.

 "Hoje nós fizemos uma manhã bem relaxante até, foi uma coisa bem descontraída com policiais pois eles já vêm de uma forma bem rigorosa, o serviço deles é bem pesado e com isso a gente está oferecendo o trabalho, iniciando, mostrando pra eles que o Ament veio para se adequar a sociedade de Valença, que veio para ajudar as pessoas que se virem na necessidade de procurar o serviço", afirma.

O Secretário de Saúde Ruanderson Barros, destaca que o projeto que vai ser realizado com os profissionais da segurança pública de Valença é uma inovação.

"Hoje a equipe multifuncional do Ament realiza um projeto inovador, respeitando a obrigação e a responsabilidade que a gente tem de exercer uma política de saúde do adulto, especificamente na área das forças armadas, da segurança pública do nosso município. O projeto ele trás a importância da prevenção e do cuidado com as doenças mentais envolvendo esse público", frisa Ruanderson.

O Secretário explica como vai funcionar o projeto que visa oferecer cuidado para aqueles que cuidam da segurança de todos.

"A gente vem nesse primeiro momento trabalhar a saúde mental que é realizando o acompanhamento com os profissionais médico psiquiatra, assistente social, psicólogos e a terapeuta ocupacional. Hoje entendemos que os profissionais de segurança pública, não só a PM, a gente considera a polícia civil, federal, seguranças particulares, agentes penitenciários nós vamos está envolvendo todo esse público para que a gente possa ajudar eles que prestam esse importante serviço pra gente, eles que geram nossa segurança, da nossa família, do nosso lar, eu espero que a gente consiga um resultado positivo", ressalta o secretário.

Após a apresentação do projeto para os policiais militares foi realizado um momento de ginástica laboral e também foi ofertado atendimentos individualizados aos profissionais que apresentaram necessidade, aferição de pressão, atualização de calendário vacinal e testes rápidos de glicemia, sífilis e HIV. O projeto foi bem aceito pelos policiais que participaram e interagiram com o projeto.






















Voltar